Arquivos para posts com tag: calça montaria

Semana passada eu e o marido fomos convidados por um casal mega amigo nosso para um happy hour em uma barzinho que serve diferentes tipos de cerveja (no dia era chopp). O boy já ficou louco para ir e eu como não sou entendedora de cerveja, mas sou curiosa e parceira, logo topei! Como a função começava cedo, tipo 19horas, queria ir arrumadinha, mas nada perua porque afinal era um barzinho, não era balada! Acabei arriscando um brilho no visual! haha

Blusa larguinha, meio mullet metalizada, da Zara, calça pretinha para não piriguetar muito mais e salto básico não muito alto, preto da Bottero. Fiz um rabo-de-cavalo para ficar mais casual, mas confesso que não aguentei até o final do happy hour… Para minha frustração não agüento por muito tempo o cabelo preso ou com adereços, me dá dor de cabeça…

Para quem se liga no make, o batom é aquele soft coral da Bobbi Brown que já falei aqui.

Beijos, Lu.

Anúncios

Gente, look de hoje no blog, foi na verdade o look que usei ontem, ok? Como saí de casa sabendo que o dia seria corrido e de bater muita perna por aí, não quis nada mirabolante para não ficar desconfortável.

Logo, o look começa pelo sapato. Se o pé dói, o dia acaba! Não tem como! Então fui com um saltinho mais baixo da Datelli, o modelo é antiguinho, mas acho super clássico, uso direto, seja inverno ou verão. A calça é aquela que já passou por aqui esta semana mesmo, acho confortável e bonita. O blazer cinza de moletom é bem gostosinho, é da Zara e sempre ajuda a me manter quentinha em ambientes com ar-condicionado. O detalhe fashion do look foi conferido pela regatinha preta também da Zara, que tem esta aplicação no busto. Acho linda sem ser over, além de ser uma maneira bem facinha de usar franjas em uma produção bem dia-a-dia.

O look resistiu legal o dia inteirinho, rendeu até happy hour mais tarde!

Beijos, Lu.

Eu adoro cores, por isso o color blocking faz a minha felicidade! Quando era pequena, eu tinha uma calça jeans listrada toooda coloridinha que não tirava nunca do corpo, minha mãe conta que um dia meu pai perguntou se eu estava precisando comprar calças novas porque só usava aquela! hahaha

Mas devo também comentar, que as cores ficam lindas em crianças e em ambientes mais descolados. Combinar cores contrastantes, nem sempre funciona no ambiente de trabalho, certo? Mas pra tudo a gente pode dar um jeitinho… Foi o que tentei fazer. Meu trabalho não é super formal, mas requer uma certa seriedade. Pensando nisso, usei este look blusa mullet de seda roxa da Zara com uma calça preta, ela é um mix de alfaiataria (pelo tecido) e montaria (pelo corte). Finalizei com um pump preto da Schultz.

Acho blusas mullets legais para trabalhar, ainda mais se for optar por uma calça mais skinny como a minha.

Ah, o esmalte é o Black Lingerie da Revlon. Preto lindo demais, estou hiper apegada a esta cor. 

Curtiram o look color blocking discretinho? Me saí bem?

Beijos, Lu.

Ontem tive um domingo delícia ao lado da família em uma fazenda aqui pertinho para a celebração de aniversário de um ente muito querido. A Fazenda em questão fica em Barra do Ribeiro, chama-se Recanto Borghetti e é um local lindo às margens do Guaíba (o pessoal de Porto Alegre pode vir de lancha se quiser!), muitas figueiras centenárias, muitos bichinhos (cavalos, ovelhas, patos, perus, cachorros) e uma comidinha campeira com churrasco… Hum, nhami!!!

Bem, como a ocasião era estilo country side, o look tinha que ser acima de tudo confortável, né? Não rola salto alto, nem pensar!!! Então decidí que a bota e a calça de montaria seriam as minhas melhores amigas para o dia. E foram! Finalizei com uma blusa listrada P&B soltinha e para proteger do vento uma jaquetinha caramelo da Zara. Afinal, estar na moda é saber se vestir de acordo com as ocasiões, néam? Nunca esqueçam disso! Nada mais deselegante do que estar overdressed para uma ocasião mais simples ou pior, estar visivelmente incomodada ou desconfortável no que está usando.

Posso falar? Não sou uma pessoal muito, digamos, rural. Mas impossível não passar um dia curtindo a natureza e não sair tocada e super inspirada… Adorei!

Beijos, Lu.

 

Para não estourar a conta bancária, é sempre legal quando descobrimos uma maneira diferente de usar aquela peça que já temos no guarda roupas, não é? É aí que entra o tal truque de styling, que nada mais é do “personalisar” a sua roupa. Explico, por exemplo, uma camiseta ou tricot básico pode ficar mais moderninho com um nózinho, assim ó:

Isto é um truque de styling e nesta onda dá para deixar a criatividade ir longe. Dá para encurtar saia com o truque do nó, usar vestido como saia, saia como blusa… Ixi, muita coisa!

Foi neste sentido que hoje resolví me vestir. Lembra do meu trench coat que mostrei aqui? Pois é hoje o dia estava chuvoso, mas não estava simplesmente querendo vestí-lo assim e pronto. Então troquei o cintinho de tecido que vinha com ele e coloquei um cintão de tressê marrom para dar uma contraste. Usei com calça e botas marrons de montaria, a bota é Datelli (conforto puro!). Olha como ficou!

Ainda aproveitar para usar o meu anel de coruja, que é muito fofinho! Amo de paixão, trouxe de Portugal. Eu sei que se fosse seguir às tendências deveria estar aposentando ele, mas vamos combinar que a gente não precisa ser escravo da moda, né? Temos que aproveitar as tendências que gostamos, que temos uma identificação, que se adaptam ao nosso estilo, que nos valorizem e que acima de tudo nos deixe confartáveis, certo? É isso que estou adorando no blog, a gente fala de tudo que está em alta, mas mostro com os meus looks o que EU gosto de usar no meio desta profusão de novidades fashionistas. haha

*crédito montagem: blog Petiscos, juliapetit.com.br, vale espiar!

Beijos, Lu.

 

Bem, para finalizar o capítulo mala de viagem, vou dar algumas sugestões do que levar para economizar espaço na mala, sobrando um espacinho precioso para as compras e para não bancar a doida catando suas 10 malas na esteira do aeroporto. #aperuasemnoção

Vale ressaltar que a montagem da mala é bastante pessoal, vou apenas citar o que eu levei porque achei que foi na medida! Ok, poderia ter levado um pouquinho menos, mas acho que será sempre assim, né? Principalmente porque as novas aquisições já entram na jogada rapidinho! haha

Levei:

– 1 trench coat, o do post anterior;

– 3 cardigans, um curto cinza animal print e dois longos, sendo um preto e outro manteiga;

– 1 blazer azul marinho de moleton;

– 4 calças, uma montaria preto (super confortável e mais grossinha), uma legging marrom bem levinha (já viu que a ordem das calças é conforto, né?), uma legging levinha que imita jeans (esta usei pouco!) e uma jeans preta resinada imitando couro;

– 1 saia longa marrom, que na verdade usei apenas uma vez, achei que fosse me sentir mais a  vontade com ela, mas não foi exatamente assim na hora de bater perna;

-1 saia curta preta, bem levinha;

– 1 short jeans;

– 2 camisas longas, uma branca e uma bege, ótimas para usar com leggings ou bancar o casaquinho por cima de um vestido mais justo com cintinho;

– 3 vestidos, um tipo chemise manga longa xadrez azul marinho e preto (apesar de ser xadrez é coringa pois é escuro), um floral com fundo preto de manga curta (que dava para usar durante o dia ou mesmo a noite) e um tomara que caia preto tubinho da Zara, para usar e abusar como vestido, saia, jogar uma camisa por cima ou até mesmo por baixo…

– meias calças, levei 3; Uma cor da pele, uma fio 15 preta de poá e uma preta mais grossinha;

– cachecóis, levei uns 4, um preto, um branco, um de oncinha e um de renda; E até usei um estampadinho da mamis… Ótimos para esquentar (leve um no avião!) sem te deixar fervendo o dia todo, passava os dias no tira e coloca (rsrs);

– cintos, nem sei quantos, mas pelo menos 4, um de oncinha, um de tressé bege, um mais larguinho marrom… O look muda com uma cinto! Ótimo pra variar sem pesar na mala;

– sapatilhas e 1 bota de montaria, me arrisquei e não levei salto na intensão de adquirir um por lá. Quase me dei mal, sorte que achei uma espadrilhe linda;

– Blusas, blusas e blusas… rsrsrs Levei umas soltinhas e leves de manga longa ou 3/4, algumas camisetas podrinhas de manga curta e as mais justinhas foram as regatinhas, justamente para facilitar a sobreposição;

Sobreposição foi a chave dos looks! Fácil de variar as peças, fácil de se adaptar as interpéries do tempo de forma confortável. Se joga nos acessórios (cachecóis, cintos, colares, brincos, óculos e até batons) estes não pesando tanto na mala e podem mudar um look basicão na hora!

Ufa! Gostaram? O post foi longo, eu sei, porém achei válido, já que ninguém quer e nem pode bancar a Paris Hilton, néam?

Beijos, Lu!